Hoje perdemos Sergio Rodrigues, pai de uma das peças mais icônicas do design brasileiro do século XX.  Além da notória Mole, estima-se que o arquiteto e designer tenha projetado mais de 1200 móveis.  Gosto muito dos bancos Sonia e Mocho que é uma interpretação livre do "banquinho da leiteira".

Pessoalmente, tive a sorte e o privilégio de ter a presença de Sérgio Rodrigues na minha banca de projeto final na Puc-Rio. Foi uma experiência incrível ganhar meu título de arquiteta com o crivo de uma pessoa que tenho tamanha admiração pelo trabalho.