Karl Lagerfeld, estilista da Chanel, diz: “Think pink, but don’t wear it” (algo como, pense rosa, mas não use). Essa cor é  capaz de produzir sentimentos diversos como amor e ódio. Na decoração, a cor soa assustadora para maioria das pessoas que já passaram da adolescência. 

Quando se trata de interiores, o rosa pode ser bem intimidante. A dica é ir com calma  e focar em apenas uma peça do ambiente. Assim você não corre o risco de acabar morando na casa da Barbie.